Ozônio para descontaminação e conservação de frutas

Publicado por: Ozonic Geradores de Ozônio Categoria: Agronegócio Publicado em:
Ozônio para descontaminação e conservação de frutas

A utilização do ozônio para descontaminação e conservação de frutas é altamente eficaz, também indicado também para vegetais, legumes e hortaliças.

Frutas e hortaliças são altamente perecíveis devido ao alto teor de água em sua composição química, consequentemente apresentam uma vida pós-colheita limitada. Visando reduzir os riscos de contaminação microbiológica, para que o tempo de conservação seja maximizado e ocorra redução das perdas pós-colheita. Para manter os alimentos conservados para um tempo maior de consumo, é importante que se conheça e utilize as práticas adequadas de manuseio durante as fases de:

  • Colheita;
  • Distribuição; 
  • Pós-colheita;
  • Comercialização;
  • Armazenamento;
  • Consumo.
  • Transporte;

Fungos, bactérias, vírus e parasitas, constituem os microrganismos contaminantes de vegetais. Os fungos são a principal preocupação relativa à fitossanidade sendo que alguns fungos de armazenamento apresentam potencial de produção de micotoxinas, tornando-se um problema à saúde pública.

Efeitos do ozônio na descontaminação e conservação de frutas

Na tabela abaixo é possível visualizar em uma amostragem de seis frutas (pêssegos, morango, uvas, tomates, banana e mamão), aos quais os índices de contaminantes foram reduzidos e a qualidade sensorial (firmeza, perda de água) foram preservados, assim como a qualidade nutricional.

Ozônio na produção, sanitização, estocagem e transporte das frutas

Para alimentos, a estocagem em câmara fria é uma etapa importante, entretanto a limpeza, a sanitização das câmaras frigoríficas é negligenciada por grande parte das indústrias de alimentos.

Os microrganismos presentes no ambiente de processamento e de estocagem de alimentos podem levar à contaminação do produto acabado.

As fontes de contaminação do meio ambiente incluem alimentos, manipuladores, animais, insetos, além de utensílios componentes estruturais como portas, paredes e teto de armazéns e câmaras frigoríficas. O ar do ambiente, as embalagens primárias, as mãos dos operadores e os equipamentos constituem pontos importantes que devem ser considerados nas boas práticas de fabricação, de forma a não representarem risco de contaminação para o produto.

Onde pode ser aplicado ozônio na indústria de frutas?

Na lavagem das frutas para desinfecção.

Nos sistemas Cleaning-In-Place (CIP) e Sterilization-In-Place (SIP) na limpeza periódica das câmaras.

Nas câmaras de armazenagem, pois os microrganismos presentes no ambiente de processamento e de estocagem de alimentos podem levar à contaminação do produto acabado.

Benefícios da adesão ao ozônio na descontaminação e conservação de frutas

Redução de custos - O ozônio pode ser produzido no local, levando a uma maior economia de custos de transporte, energia. Sendo que a geração do ozônio é de baixo custo, quando comparado com a compra periódica requerida para os demais sanitizantes.

Aumenta o tempo de vida útil das frutas - A ozonização de alimentos atende aos anseios dos consumidores por alimentos seguros, nutritivos e com qualidade sensorial, além de obedecer à crescente tendência de mercado por tecnologia ambientalmente amigável na preservação desses alimentos.

Melhora a qualidade do ar - A utilização do gás ozônio possibilita uma melhor qualidade do ar de circulação e das superfícies das instalações, em virtude de uma redução média e constante de, respectivamente, 0,81 e 1,01 ciclos logarítmicos na contagem de microrganismos aeróbios mesófilos e bolores e fungos filamentosos.

Comentários

Deixe o seu comentário

* Campo obrigatório